Como preparar materiais de construção para armazenagem em self storage

O armazenamento é uma etapa importante para garantir a qualidade dos materiais de

 

construção até o final da obra. Por isso, planejar com antecedência a aquisição,

 

recebimento dos materiais e transporte até um self storage de confiança são

 

procedimentos indispensáveis para o bom andamento de uma construção. Juliana

 

Cesário, proprietária da empresa BH Materiais de Construção, localizada no bairro do

 

São Francisco, explica que é justamente nos meses de maio e junho, período do verão

 

amazônico, que o comércio de construção civil começa a ficar aquecido.  E, para

 

solucionar as possíveis dúvidas de quem planeja comprar ou armazenar materiais de

 

construção nestes meses, ela esclarece alguns pontos sobre armazenamento.

 

Para a empresária, ao decidir guardar materiais para uma construção no futuro, o ideal é

 

adquirir itens que podem ser guardados por bastante tempo, como é o caso da areia e do

 

seixo (que podem ser ensacados), tijolos, e ferros. “Esses materiais podem ser

 

armazenados por bastante tempo, que não se perderão, porque tem alto poder de

 

durabilidade”, comenta.  Juliana explica que o cuidado deve ser maior com materiais

 

como cimento, argamassa e rejunte, que caso tenham contato com o frio do chão ou

 

com água tendem a endurecer e não servirão para a obra. “O correto é forrar o piso,

 

lonar os produtos ou envolvê-los em um plástico”.  A recomendação também funciona

 

para o armazenamento de produtos de acabamento. Ela reforça, que pias, vaso sanitários

 

e outros materiais frágeis devem ser encaixotados para não arranhar e/ou trincar. O

 

cuidado deve ser ainda maior na hora do transporte para o self storage, já que as pontas

 

de ferros podem arranhar superfícies delicadas. Ao optar por armazenar materiais de

 

construção em uma empresa de autoarmazenamento com segurança 24 horas, ajudará a

 

organizar o canteiro de obras, que ficará com espaço suficiente para manuseios de

 

equipamentos e para as atividades dos profissionais. Contribui, ainda, para evitar a

 

degradação e desperdício de itens.  Veja abaixo a vida útil de cada item de uma obra.

 

Cimento – Ele tem durabilidade de 30 dias. Por isso, adquira-os por último para realizar

 

a obra. Além de forrar o local, onde serão armazenados, empilhe-os em no máximo dez

 

sacos, afastados a 30 cm da parede sem retirar a embalagem. Vale lembrar que o pó do

 

cimento faz mal à saúde, e o indicado é que o ambiente de armazenamento sirva

 

somente para isso, sem contato constante com pessoas e animais;

 

Areia – Para armazenar em um self storage, solicite que a areia seja embalada.

 

Geralmente, as empresas de material de construção oferecem este serviço e cobram o

 

valor dos sacos à parte;

 

Tijolos – Faça uma pilha de tijolos até 1 metro e 50 cm, cubra-os com uma lona

 

plástica;

 

Cal – É necessário mantê-lo longe da umidade e do calor excessivo, armazene em local

 

fechado e compre somente o necessário. Caso a demanda for maior compre novamente;

 

Tubos e conexões – Faça o armazenamento de acordo com o tipo e tamanho, não os

 

deixe expostos ao sol;

 

Telhas – Se as telhas forem de barro faça o empilhamento vertical. Caso sejam

 

metálicas, faça o armazenamento de forma inclinada para que não aconteça o acúmulo

 

de água;

 

Portas e janelas – Coloque-as em um local fechado sem tirar da embalagem em posição

 

horizontal;

 

Azulejos – Empilhe com cuidado as caixas em local seco e protegido do sol.

Leave a Comment

© 2019. Para Guardar Self Storage. Todos os direitos reservados.

×